sábado, 2 de junho de 2007

Resenha do XXXIII Steel Festival

Resenha do XXXIII Steel Festival

A primeira banda a subir no palco foi a banda Agony de Criciúma/SC que tem por seu estilo o Hard Core, muita gente torceu o nariz quando soube que uma banda de Hard Core tocaria no Steel Festival, mas a banda subiu no palco e tocou muito bem, sem o baixista que estava se recuperando de um cirurgia, mas com o outro guitarrista no seu lugar, com músicas como "Resistência" a banda mostrou o seu som, e quem gostou se quebrou nas rodas. A próxima foi a banda In Torment de Death Metal do RS, a banda tem uma qualidade raríssima que é a perfeição, suas músicas ao vivo são iguais as do CD. A banda tocou músicas do seu primeiro álbum, "Diabolical Mutilation Of Tormented Souls" e do seu próximo álbum, "Paradoxical Visions Of Emptiness", músicas que já demonstram como será o próximo álbum, provavelmente será destruidor!! Com músicas como "Grotesque Defacement", "Inhuman Genetic Deformations", "Wrapped In The Perversity Of Chaos" e "The Curse" a banda mostrou porque é considerada por muitos como uma das melhores bandas do estilo no país, resumindo, foi um show muito foda! Após a In Torment, foi a vez da banda mais esperada da noite, a Children Of The Beast, que veio de São Paulo para tocar os maiores clássicos de uma das bandas mais influentes do Metal, o Iron Maiden. A banda já começa com "Aces High", grande clássico, fazendo todos os presentes baterem cabeça, a banda executa ainda clássicos como "2 Minutes To Midnight", "The Trooper", "Flight Of Icarus", "Revelations", "The Wicker Man", "Prowler" não tem o que falar, a banda executa as músicas com muita perfeição, o vocalista tem a voz muito, mas muito parecida com a de Bruce Dickinson, o baixista então nem se fala, tem o jeito igual ao do mestre Steve Harris, os guitarristas fazem tudo que deveriam fazer e ainda com um pouco de presença de palco, contagiando a todos, e executando os riffs e solos com perfeição. A banda ainda toca muitos clássicos, como "Wasted Years", "Rime Of The Ancient Mariner", "Wasting Love", "Rainmaker", "Brave New World", "Lord Of The Flies", "The Evil That Men Do", "Hallowed Be Thy Name", "Wrathchild", "Bring Your Daughter...To the Slaughter", "Iron Maiden", "Fear Of The Dark", "The Number Of The Beast" (Não nessa ordem) e fechando com "Run To The Hills". A banda foi uma garantia de alegria a todos os fãns de Iron Maiden que estavam no Balada Bar, que não pararam de cantar junto e bater cabeça, o show teve direito até ao EDDIE que no fim do show se jogou na platéia, muito engraçado por sinal. Ótima noite para o Metal, principalmente para os fãns de Iron Maiden e de Death Metal que viram o porque de a In Torment estar sendo muito falada por aí como uma das maiores bandas de Death Metal do Brasil e honrando o nome do país no Death Metal!

Resenha por: Henrique Hoffmann Maurilio

Nenhum comentário: